sábado, abril 07, 2007

COMBATER COM PALAVRAS
As palavras são um instrumento de combate. Talvez sejam o último. Nós temos muito pudor de dizer isto em Portugal porque somos logo taxados de marxistas ou de outra coisa qualquer. Há no nosso país a ideia de que a literatura se deve debruçar sobre os sentimentos ou sobre o nada, o não-tema.
Lídia Jorge (entrevistada por Andreia Azevedo Soares), Ípsilon, 16 de Março de 2007

1 Comments:

At 2:14 da manhã, Anonymous Makaila said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

Enviar um comentário

<< Home