quarta-feira, fevereiro 21, 2007

Respigando algumas frases-versos, de que eu gostei, desta respigadora:

1.

trago a boca cheia de fotogramas. esvaziei os olhos de nomes.

disse bom-dia à ficção.

a cidade que trago no pulso, o nervo dos autocarros...

amanhã acordo cedo e não digo bom-dia à imaginação.

marquei férias para que a loucura fosse bem acompanhada. a estrada está na tinta...

o ruído da manhã misturado com o som da televisão.

2.

diz-me onde vais tu sem conjugação,
pássaro?

1 Comments:

At 12:03 da manhã, Anonymous lídia said...

uma errante que gosta de escrevinhar duas ou três coisas e assim continuará

 

Enviar um comentário

<< Home